Com novo patrocinador, Williams revela carro para temporada 2019

Pela primeira vez desde 2013, a pintura do carro da Williams não terá a marca Martini, após o fim do contrato com a companhia de bebidas terminar no fim de 2018. A equipe de Grove agora está mantendo um novo parceiro principal, a ROKiT, empresa de telecounicações.

A Williams espera melhorar seu desempenho em 2019, depois de passar por um período sombrio no ano passado, quando terminou na última colocação no campeonato de construtores, somando apenas sete pontos.

O time também deixou de ser apoiado pelo pai do piloto Lance Stroll, já que Lawrence liderou um grupo que adquiriu a antiga Force India, hoje Racing Point. O piloto que conseguiu seis dos sete pontos em 2018, obviamente, se mudou para a nova escuderia também.

A dupla de pilotos também será nova, com a volta de Robert Kubica a uma temporada completa, no lugar do russo Sergey Sirotkin, e do novato George Russell, ligado ao programa da Mercedes e atual campeão da Fórmula 2.

A vice-diretora da equipe, Claire Williams, disse: "Estamos muito satisfeitos em dar as boas vindas à ROKiT como nosso parceiro principal para a temporada de 2019.

"Compartilhamos muitos valores e aspirações semelhantes com a ROKiT, basicamente colocando a engenharia e a inovação no centro de tudo que fazemos em nossa busca para sermos os melhores, essa é a plataforma perfeita para começar uma parceria.”

"A ROKiT está em uma jornada emocionante em seu mundo de telecomunicações, assim como estamos na Williams, enquanto construímos a equipe para um futuro de sucesso.”

"Tomar esse caminho juntos nos tornará mais fortes em nossos esforços e, por isso, mal posso esperar para começar."

O co-fundador da ROKiT, Jonathan Kendrick, trabalhou anteriormente na F1 como engenheiro de pneus da Goodyear, incluindo no carro de Alan Jones na Williams na temporada de 1978.