Após pneu furado na largada, Felipe Drugovich cravou a melhor volta na primeira prova do GP da França de Fórmula 3

Felipe Drugovich, campeão do Euroformula 3 Open em 2018, com 14 vitórias em 16 corridas, é um dos competidores do Campeonato de Fórmula 3 FIA pela equipe inglesa Carlin Buzz Racing. Neste sábado (22), depois de participar do treino oficial e da tomada de tempos na sexta-feira, o brasileiro disputou a primeira das duas baterias que compõem a 2ª etapa da Fórmula 3 FIA nesta temporada.

Em um grid composto por 29 pilotos de todas as partes do mundo, Felipe Drugovich teve problemas ainda nos primeiros instantes após a largada da primeira corrida, que foi dada às 5:30 deste sábado pelo horário de Brasília. Após um pequeno toque de um concorrente, o paranaense de Maringá constatou que um dos pneus de seu carro havia furado, o que o obrigou a fazer um pit stop imprevisto.

Atrasado em cerca de uma volta em relação aos demais concorrentes – e sem ter grandes chances de conquistar um bom resultado –, Felipe Drugovich tratou de acelerar e marcou a melhor volta da prova várias vezes. E, ao fim das 20 voltas, o brasileiro foi o autor da volta mais rápida, com o tempo de 1:52.358.

 “Logicamente queríamos muito mais do que isso, mas aquele incidente logo na largada atrapalhou todos os nossos planos”, lamenta Felipe Drugovich, 18 anos. “Depois disso mostrei que eu era rápido e que poderia ter lutado por um resultado muito melhor. Estou pronto e confiante para a segunda prova aqui na França, neste domingo”, finalizou o piloto, 19º colocado na primeira prova.

A segunda bateria do GP da França de Fórmula 3 FIA terá sua largada às 4:55 horas deste domingo, pelo horário de Brasília.

Felipe Drugovich compete com apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus.

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação