Nelsinho fala em paciência em início na Stock Car

Primeiro campeão da Fórmula E abraça desafio de aprender categoria diferente e quer bons resultados já no primeiro ano

Após fazer a Corrida de Duplas ao lado de Átila Abreu em três ocasiões, pela primeira vez Nelsinho Piquet tem um carro para chamar de seu na Stock Car. A partir de 2018 ele correrá no Stock #33 da equipe Full Time enquanto também faz o campeonato da Fórmula E pela Jaguar.

O piloto exaltou seu início. Ele e seu companheiro nesta prova, o holandês Robin Frijns, têm melhorado bastante a cada treino. E, para Piquet, a evolução é a meta para 2018.

“Está sendo um início bom e promissor”, falou ao Motorsport.com.

“Meu companheiro está andando super bem. O carro é meu, mas o meu companheiro é capaz de ter dado mais voltas que eu até agora. Mas é isso aí, vai demorar para pegar o costume do pneu e do carro. Mas isso vamos aprendendo.

Perguntado sobre as principais dificuldades, ele disse que ainda não encontrou nenhum grande obstáculo. “Se eu soubesse do que preciso, eu não teria que aprender. Você tem que descobrir”.

“Até agora temos andado bem rápido. Uma volta só é mais fácil. Mas correr, manter o pneu, saber ajustar o carro... Existem várias coisinhas que vou ter que entender. Não vou chegar de cara e aprender. Vamos ver o que acontece.”

“Correr aqui e na Fórmula E não fará diferença. Corri minha vida toda com vários carros diferentes. Não faz diferença nenhuma. Só me adaptar e tudo fica tranquilo.”

Falando de seus objetivos para o ano, Piquet não estabelece uma meta, mas busca a evolução a toda prova.

“O objetivo é aprender o máximo possível”, seguiu.

“Se a gente conseguir vencer algumas provas, fazer pódios, vai ser bom. Mas precisamos aprender. Evoluir e melhorar, e a cada corrida estar em uma posição melhor.”

FONTE: https://br.motorsport.com/stockcar-br/news/nelsinho-fala-em-paciencia-em-inicio-na-stock-car-1012761/

Confira também: Os pilotos que escreveram a história gloriosa da Williams na F1